Senador visita MT

bandeira_pdtSenador Cristovam Buarque (PDT-DF) estará em Mato Grosso nos dias 21 e 22 de agosto onde participa de um encontro suprapartidário para debater questões relacionadas à educação e também participar de um encontro regional da sigla pedetista, em Lucas do Rio Verde, cidade-reduto do presidente do partido em Mato Grosso, deputado estadual Otaviano Pivetta (PDT).

Idealizador do chamado “Movimento Educacionista”, Buarque vai comandar no dia 21 de agosto uma caminhada pelas ruas da Capital em prol da educação. Organizador do evento, o professor Sérgio Cintra (PDT) explicou que a idéia é mobilizar e conscientizar a população sobre os desafio no Brasil para esta área.

“Nós precisamos que o Brasil perceba a necessidade de uma mudança imediata. A primeira relacionada à qualidade da educação e outra relacionada ao acesso. Todos têm o direito à educação de qualidade e ao acesso a essa educação de qualidade também”, explicou Cintra. O evento pretende reunir entidades e profissionais ligados à educação.

Já em Lucas do Rio Verde, no dia 22 de agosto, o senador se reúne com representantes dos diretórios municipais e do regional. A idéia é debater sobre as deliberações feitas pela cúpula sobre o projeto político para as eleições do ano que vem.

Conforme explicou Sérgio Cintra, 12 propostas de políticas de governo foram elaboradas em reuniões da Executiva regional. As diretrizes relacionadas à educação, saúde e carga tributária, por exemplo, devem ser avaliadas pelos membros durante o encontro.

Para o pedetista, a sigla está fortalecida. No pleito de 2008, foram eleitos quatro prefeitos, cinco vices e 65 vereadores em todo Estado. Na Câmara de Cuiabá, os vereadores Adevair Cabral e Toninho de Souza compõem a base de sustentação do prefeito Wilson Santos (PSDB).

Em deliberações feitas pela cúpula do partido, foi definido que o PDT deve caminhar para candidatura própria tanto para o governo quanto para o Senado. No entanto, segundo Cintra, as discussões com outras legendas não foram descartadas. “Vamos conversar com partidos de esquerda e que compõe a base de sustentação do presidente Lula, como o próprio PT, o PSB e o PV”, acrescentou o dirigente.

Sérgio Cintra também esclareceu que outra definição da Executiva determinou que os nomes devem ser discutidos só a partir do ano que vem. Mas, nos bastidores as especulações dão conta de que o deputado estadual Otaviano Pivetta, tido como a maior referência na sigla atualmente, seja candidato ao governo.

Enquanto isso, os pedetistas também apostam na filiação do procurador da República Pedro Taques. Ele estaria se articulando uma candidatura ao Senado. Outras lideranças regionais, principalmente do norte do Estado, estariam se articulando para compor as disputas proporcionais.

Jornal Diário de Cuiabá

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s